Duelos entre estreantes e veteranos decidirão finalistas

Publicado em: 02/04/2018 16:48
Apan/Esferatur/Blumenau e Vôlei UM Itapetininga estão entre os semifinalistas (Créditos: Angelo Virgílio/APAN)

As semifinais da Superliga B masculina de vôlei de 2018 começa no próximo sábado (02.04) com dois duelos que colocam em lados opostos equipes estreantes e veteranas na competição. E o equilíbrio pauta os playoffs, pois três dos quatro semifinalistas estiveram na liderança em pelo menos uma rodada. Mesmo disputando o campeonato pela primeira vez, Vôlei Ribeirão Preto (SP) e Vôlei UM Itapetininga (SP) tiveram as melhores campanhas na fase classificatória.

Campeão da Taça Prata em 2017, a equipe de Ribeirão preto investiu em um elenco experiente para alcançar o topo na Superliga B. O clube paulista foi o primeiro colocado da fase regular, com cinco vitórias em sete jogos, somando 15 pontos. Entre os principais nomes no grupo está o campeão mundial João Paulo Tavares, o levantador Jotinha e o central Giovanni. No comando do time, Marcos Pacheco garante que o objetivo principal é alcançar a primeira divisão e que vê evolução da equipe desde o início do projeto.

É uma situação diferente do início, quando o grupo estava sendo formado e praticamente não se conhecia. Hoje, depois do Campeonato Paulista e da Taça Prata, o elenco se conhece e sabemos onde cada um pode render o necessário. A Superliga B é o nosso projeto principal. Primeiro formamos a equipe e entramos no Paulista, depois conquistamos o grande objetivo do ano passado, que era a vaga para a Superliga B. Agora nossa meta é uma vaga na Superliga", contou o treinador.

O adversário do Vôlei Ribeirão na semifinal é o APAN/Esferatur/Blumenau (SC), equipe que participa pela quarta vez da competição, ficou em quinto na fase de classificação com três vitórias em sete jogos e liderou durante das três primeiras rodadas, mas o rendimento acabou caindo nas demais. Nas quartas de final o time catarinense fez 2x0 nos playoffs contra o MonteCristo/Artesanal (GO). O oposto Bob, uma das lideranças do time de Blumenau, contou que a força do clube vem da comunidade local.

“O projeto da Apan em Blumenau não é somente voltado para a equipe profissional. Ele engloba outras coisas, aqui temos diversos polos de iniciação esportiva e a Apan está inserida neste contexto para identificar novos talentos e fazer o voleibol da região renascer. Blumenau sempre foi referência nacional na formação de atletas. E queremos reviver os momentos áureos do voleibol na cidade. A população aqui abraça o esporte”, comentou Bob.

Na outra chave a disputa por um lugar na decisão será entre o Vôlei UM Itapetininga (SP) que joga pela primeira vez a Superliga B e o Botafogo (RJ), que está na terceira participação. O time paulista liderou a competição nas últimas rodadas e teve campanha similar a do alvinegro com cinco resultados positivos em sete partidas da fase classificatória.

Nas quartas de final o Vôlei UM passou sem dificuldades pelo Super Vôlei Santo André (SP) com duas vitórias por 3x0, mesmo desempenho do Botafogo contra a UPIS (DF). A equipe do interior paulista tem como trunfo o oposto André Nascimento, campeão olímpico em Atenas 2004, enquanto o tradicional clube do Rio de Janeiro conta com a experiência do levantador Marcelinho, prata em Pequim 2008, e do líbero Mário Júnior, campeão mundial com a seleção brasileira em 2010 na Itália.

A primeira rodada das semifinais será neste sábado (07.04). O segundo jogo será na quinta-feira, dia 12 de abril e o terceiro jogo, se necessário está marcado para o dia 14. O regulamento atual da Superliga B dá aos dois finalistas um lugar na primeira divisão na temporada 18/19. A decisão do título, em jogo único, será no dia 21 deste mês na casa do clube de melhor campanha.

SUPERLIGA B MASCULINA 2018

SEMIFINAIS

PRIMEIRA RODADA

07.04 (SÁBADO) Botafogo (RJ) x Vôlei UM Itapetininga (SP), ginásio Oscar Zelaya, no Rio de Janeiro (RJ), às 19h

07.04 (SÁBADO) APAN/Esferatur/Blumenau (SC) x Vôlei Ribeirão Preto (SP), ginásio Galegão, em Blumenau (SC), às 19h30

SEGUNDA RODADA

12.04 (QUINTA-FEIRA) Vôlei UM Itapetininga (SP) x Botafogo (RJ), ginásio Ayrton Senna, em Itapetininga (SP), às 20h

12.04 (QUINTA-FEIRA) Vôlei Ribeirão Preto (SP) x APAN/Esferatur/Blumenau (SC), ginásio da Cava do Bosque, às 19h30

TERCEIRA RODADA (SE NECESSÁRIO)

14.04 (SÁBADO) Vôlei UM Itapetininga (SP) x Botafogo (RJ), ginásio Ayrton Senna, em Itapetininga (SP), às 19h

14.04 (SÁBADO) Vôlei Ribeirão Preto (SP) x APAN/ESferatur/Blumenau (SC), ginásio da Cava do Bosque, às 17h

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro