ADC Bradesco e Vôlei Positivo/Londrina jogam por um lugar na decisão

Publicado em: 23/03/2018 15:43
ADE Bradesco será o palco da primeira semifinal entre o time da casa e Londrina (Créditos: Divulgação/ADC Bradesco)

De olho em um lugar na grande decisão da Superliga B feminina de voleibol 2018, ADC Bradesco (SP) e Vôlei Positivo/Londrina (PR) se enfrentam na tarde deste sábado (24.03). A partida acontece às 17h no ginásio do Bradesco em Osasco (SP). Nesta edição as semifinais têm importância ainda maior, já que os dois finalistas garantem classificação para a elite do vôlei brasileiro.

Na última rodada da fase de classificação, as duas equipes jogaram entre si com vitória do time paranaense. No entanto, o ADC Bradesco foi o único time a vencer um set do Londrina, que, em razão da campanha invicta, avançou direto para as semifinais. A líbero Silvana, do Vôlei Positivo/Londrina, espera equilíbrio no jogo deste sábado.

“A expectativa é de um jogo bem difícil. As duas equipes já se conhecem, e o ADC Bradesco nos deu muito trabalho na outra partida que fizemos. Elas nos arrancaram um set, então sabemos que temos que entrar em quadra muito ligadas. Eu já joguei no Bradesco, na época da base, e sei como o trabalho lá é bem feito, com muito estudo do adversário. Creio que o jogo será decidido no detalhe e na experiência de nosso time”, contou Silvana.

As semifinais seguirão o mesmo formato das quartas de final, com um jogo na casa de cada participante, e, se necessário, um Golden Set (de 25 pontos) logo após o segundo duelo. A grande decisão será realizada em jogo único na casa do time de melhor campanha, no dia 7 de abril.

SUPERLIGA B FEMININA

QUARTAS DE FINAL

1ª RODADA

23.03 (SEXTA-FEIRA) São José dos Pinhais (PR) x Curitiba Carob House/CMP (PR), no ginásio Ney Braga, em São José dos Pinhais (PR), às 20h

24.03 (SÁBADO) ADC Bradesco (SP) x Vôlei Positivo/Londrina (PR), no ADE Bradesco, em Osasco (SP), às 17h

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro