Paranaenses dominam quinta rodada

Publicado em: 03/03/2018 21:41
São José dos Pinhais venceu em casa (Créditos: Thiago Paes/Federação Paranaense)

A quinta e última rodada da fase classificatória da Superliga B feminina 2018 foi dominada pelos times paranaenses. Nos três jogos deste sábado (03.03) Vôlei Positivo/Londrina (PR), Curitiba Carob House/CMP (PR) e São José dos Pinhais (PR) conquistaram o resultado positivo e terminaram, respectivamente, em primeiro, segundo e terceiro, na tabela de classificação. No entanto, os dois primeiros avançam direto para as semifinais.

Em casa, o São José dos Pinhais entrou em quadra ainda com chances de chegar em segundo, mas a vitória no tiebreak contra o CEFA (RS) tirou um ponto precioso do clube paranaense. As parciais foram apertadas – 25/21, 24/26, 21/25, 25/19 e 15/11 -, no jogo que durou 2h14, no ginásio Ney Braga, em São José dos Pinhais (PR). O resultado deixou o time gaúcho em quarto. Para o treinador do São José, Alex Paiva, avaliou o desempenho das comandadas.

“O jogo foi muito difícil. O time do CEFA mudou o comando e entraram brigando por pontos para melhorar a classificação delas na tabela. Algumas das nossas atletas atuaram abaixo do que podem, e nossa linha de passe, que até então era nosso melhor fundamento, também teve muita dificuldade no saque adversário. Mas conseguimos nosso objetivo principal, que era vencer”, contou Alex.

Ainda em território paranaenses, o Curitiba Carob House/CMP manteve a boa sequência e venceu mais uma. Desta vez o triunfo foi sobre o Lavras Vôlei (MG), por 3 sets a 0 (25/16, 25/20 e 25/9), em 1h20 de confronto no ginásio do Círculo Militar do Paraná, em Curitiba (PR). Com os três pontos conquistados neste jogo o time curitibano também assegurou vaga direta para a semifinal, enquanto o Lavras terminou na sexta posição e disputará as quartas de final. A ponteira Fofinha, do Curitiba, ficou satisfeita com o trabalho feito em quadra.

“Nosso time começou controlado mais o jogo, construindo um placar e depois deslanchou. Conseguimos dar mais rodagem às meninas que estão muito bem nos treinos, mas ainda não tinha jogado muito. Também mostramos paciência na hora dos erros, sem desespero, o que é bom. Daqui para frente teremos que ser mais decisivas no contra-ataque”, disse Fofinha.

Já garantido nas semifinais, o Vôlei Positivo/Londrina visitou o ADC Bradesco (SP) e assegurou a primeira posição com a quinta vitória consecutiva. Em Osasco (SP), no ginásio do Bradesco, o time londrinense levou a melhor por 3 sets a 1 (28/26, 20/25, 25/13 e 25/22), em 1h44. A derrota deixou o clube paulista em quinto.

Os confrontos das quartas de final, datas e horários serão confirmados nos próximos dias pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). Pelo regulamento da Superliga B feminina 2018, os play-offs das quartas e das semifinais serão disputados em dois jogos (ida e volta), e, em caso de uma vitória para cada time, a definição será em Golden Set (de 25 pontos) realizado imediatamente ao final da segunda partida. A grande decisão será no dia 07 de abril, na casa do finalista de melhor campanha.

SUPERLIGA B FEMININA 2018

QUINTA RODADA

03.03 (SÁBADO) São José dos Pinhais (PR) 3x2 CEFA (RS), no ginásio Ney Braga, em São José dos Pinhais (PR), às 18h (25/21, 24/26, 21/25, 25/19 e 15/11)

03.03 (SÁBADO) ADC Bradesco (SP) 1x3 Vôlei Positivo/Londrina (PR), no ADE Bradesco, em Osasco (SP), às 19h (26/28, 25/20, 13/25 e 22/25)

03.03 (SÁBADO) Curitiba Carob House/CMP (PR) 3x0 Lavras Vôlei (MG), no ginásio do Círculo Militar do Paraná, em Curitiba (PR), às 19h30 (25/16, 25/20 e 25/9)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro